Aquecedor de fluido térmico: A importância da manutenção deste equipamento

29 mar, 2022 | Aquecedor de fluido térmico | 0 Comentários

Queimar combustíveis (gás, óleo BPF, óleo diesel e biomassa) e gerar calor que será transferido para diversos processos na indústria: essa é a grande função de um aquecedor de fluido térmico, que ganha cada dia mais importância em variados processos industriais.

Mas, assim como qualquer outro equipamento industrial, o aquecedor de fluido térmico possui diversas peças e dispositivos que precisam funcionar constantemente, oferecendo calor para a indústria. 

Por essa razão, é bastante importante que a manutenção deste tipo de equipamento esteja sempre em dia, somente assim a indústria não terá surpresas desagradáveis com a falta de energia térmica para muitos processos.

Dessa forma, entenda quais são os usos do aquecedor de fluido térmico para processos industriais. Veja também qual é a importância da manutenção deste equipamento, responsável por garantir seu uso constante.

 

O que é um aquecedor de fluido térmico?

O aquecedor de fluido térmico é um equipamento que consiste em uma câmara de combustão e uma serpentina. Neste sistema há a circulação de um fluido que será aquecido, através dos gases da combustão.

Importante ressaltar que o fluido térmico é um composto que possui aquecimento específico e propriedades de refrigeração que o tornam útil para processos industriais que envolvam a transferência de calor.

Dessa forma, para que seja utilizado no aquecedor, as seguintes características são exigidas para que a indústria tenha um bom fluido térmico:

  • Baixa temperatura de solidificação;
  • Boa estabilidade térmica;
  • Elevada condutividade térmica e ponto de fulgor;
  • Serem quimicamente inertes;
  • Apresentar baixa viscosidade.

Além do mais, para realizar o aquecimento do fluido no ambiente industrial, o aquecedor pode ser abastecido por uma ampla variedade de combustíveis, tais como gás, óleo diesel e mais recentemente as diferentes formas de biomassa.

 

Funcionamento do aquecedor de fluido térmico

O funcionamento de um aquecedor de fluido térmico é relativamente simples. Cabe ao equipamento aquecer o fluido térmico. Este, já aquecido é continuamente conduzido até as máquinas e equipamentos industriais que exigem calor em seus processos. 

Assim que chega à máquina, o fluido realiza a troca de calor, ou seja, a máquina será aquecida e o óleo, por consequência, perderá calor.

Assim que a troca de calor é realizada, o fluido retorna até a serpentina, sendo novamente aquecido dentro de um circuito fechado. Com isso, o óleo circula continuamente dentro de um sistema.

O aquecedor de fluido térmico é projetado para trabalhar com eficiência e de forma constante, sempre de acordo com o tipo de combustível utilizado e do fluido a ser aquecido. 

Mas, para atender essas necessidades, priorizar a correta manutenção é imprescindível, como veremos no tópico a seguir.

 

Manutenção de aquecedor de fluido térmico: por que não negligenciar?

Em processos industriais que necessitam do aquecimento de fluidos, o aquecedor de fluido térmico representa o coração de todo um sistema. 

Exatamente por isso, a manutenção do aquecedor de fluido térmico torna-se mais do que uma necessidade que nenhum gestor industrial pode deixar passar, muito menos negligenciar sua realização.

Na indústria, a manutenção do aquecedor (ou de qualquer outro equipamento) deve ser encarada como prioridade de todo o processo produtivo. Isso porque, a criação de um produto de qualidade e a capacidade produtiva estão diretamente ligadas ao bom funcionamento dos equipamentos, fato esse que só é possível por meio de manutenções constantes.

Assim, além de maximizar a vida útil do aquecedor de fluido térmico, a manutenção terá a função de também otimizar a eficiência do aquecimento dos fluidos e reduzir o consumo de combustíveis, sempre em prol da continuidade do processo produtivo que exige o aquecimento.

Portanto, a manutenção de aquecedores de fluido térmico não pode ser considerada uma despesa extra. Quando realizada de forma preventiva ela representa um investimento para contribuir com o bom funcionamento de todos os processos que necessitam de calor.

 

Como realizar a manutenção?

Como vimos, o correto e constante funcionamento do aquecedor de fluido térmico depende de manutenção periódicas e preventivas. Essas manutenções partem do princípio que toda máquina/equipamento, no decorrer do seu uso, está sujeita a um processo natural de desgaste.

Mas, a manutenção do aquecedor de fluido térmico deve ser muito bem programada, principalmente para não atrapalhar o dia a dia da indústria, impedindo que a máquina fique parada por longos períodos para sua manutenção.

Também é importante que as manutenções sejam sempre efetuadas com o equipamento desligado ou não energizado, garantindo a segurança de todos.

Dessa forma, a periodicidade de manutenções programadas de um aquecedor de fluido térmico pode ser planejada da seguinte forma:

Manutenções diárias:

  • Limpezas das caixas de cinzas e da casa da caldeira;
  • Verificar o funcionamento dos aparelhos responsáveis pelo monitoramento e pelo controle do aquecedor, principalmente os sensores de temperatura e de fluxo;

Manutenção Semanal:

  • Limpeza das telas de equipamentos com sucção, como é o caso dos ventiladores;
  • Verificação, aperto e substituição (se necessário) das gaxetas de válvulas e bombas que apresentam algum vazamento;
  • Limpeza dos filtros da rede de ar comprimido;

Manutenção Quinzenal:

  • Realização de todo o engraxe de mancais e rolamentos;
  • Verificação do aperto de correntes e correias, além do nível de óleo térmico no tanque de expansão;

Manutenção Mensal:

  • Verificação do nível de óleo em caixas redutoras, unidades hidráulicas e compressores;

Verificação de vibrações em mancais e rolamentos, além da verificação e aperto de juntas dilatadoras;

Manutenção Semestral:

  • Verificar o estado dos filtros de fluido térmico constantes na sucção das bombas. Durante a limpeza é importante observar as características dos resíduos encontrados;
  • Verificar se o fluido térmico utilizado encontra-se em perfeitas condições de uso. Neste caso, a recomendação é retirar uma amostra de óleo térmico, enviando-a ao laboratório para posterior análise;

Manutenção Anual:

  • Anualmente é importante solicitar a visita de um técnico especializado do fabricante do equipamento. Caberá a este profissional realizar a verificação das condições gerais do aquecedor de fluido térmico, dando recomendações quanto às melhorias;
  • Aferição em laboratório credenciado de todos os instrumentos de monitoramento e controle presentes no aquecedor;
  • Verificação de todas as peças internas e verificar a presença de desgastes prematuros. Aqui são verificados: grelhas, refratários, isolamento cerâmico, tubos de Pré Aquecedor de Ar, garrafas de Multiciclones;
  • Agendar visitas técnicas de profissionais com conhecimento em equipamentos auxiliares, como queimadores, bombas, motores, redutores, hidráulicos para instruções específicas;

Por fim, é essencial que todas essas manutenções periódicas sejam realizadas por profissionais qualificados e com conhecimento sobre o funcionamento deste equipamento.

 

Conheça um dos melhores aquecedores de fluido térmico do mercado. Saiba mais sobre o aquecedor de fluido térmico da Imtab e solicite um orçamento.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

9 + 2 =

Entenda a diferença entre fornalha de gás quente e fornalha pirolítica

Em muitos processos industriais, a secagem é uma das etapas relacionadas ao pré-processamento de maior importância, tendo a finalidade de retirar excesso de umidade de produtos. No caso da secagem artificial, regularmente a indústria pode usar uma fornalha de gás...

Aquecedor de fluido térmico: A importância da manutenção deste equipamento

Queimar combustíveis (gás, óleo BPF, óleo diesel e biomassa) e gerar calor que será transferido para diversos processos na indústria: essa é a grande função de um aquecedor de fluido térmico, que ganha cada dia mais importância em variados processos industriais. Mas,...

Confira 6 curiosidades sobre a biomassa que você deve conhecer

A busca pela sustentabilidade energética está guiando o desenvolvimento de estratégias em muitos países. Estas nações estão substituindo os combustíveis fósseis por fontes energéticas renováveis, caso da biomassa. Cada vez mais utilizada em caldeiras, a biomassa é...

Como reduzir custos operacionais utilizando energia renovável?

Nos últimos 2 anos a crise mundial tem sido a causa de entraves em muitos setores da economia brasileira, principalmente na área industrial, que sofreu com a elevação de custos de energia elétrica. Mas você sabia que a atual crise pode ser a alavanca para otimizar...

Saiba porque é importante realizar a inspeção em tijolos refratários

Você sabe o que é ou já trabalhou com tijolos refratários? Estes tipos de tijolos têm como principal característica a resistência e a retenção de altas temperaturas, sendo por isso utilizados em muitas fornalhas utilizadas dentro do ambiente industrial. Assim, os...

Saiba mais sobre o aquecedor de fluido térmico com aquecimento direto e indireto

Fluidos térmicos são compostos utilizados em inúmeras etapas e processos dentro da indústria. Eles podem ser fabricados de diversos tipos de materiais, dependendo da finalidade de uso. Mas, para que os fluidos atinjam a temperatura desejada, o aquecedor de fluido...

Principais vantagens do aquecedor de fluido térmico que você deve conhecer

O aquecedor é apenas uma parte de um circuito fechado de um sistema de fluido térmico. Neste sistema, um fluido específico (óleo) recebe energia térmica em um aquecedor e consequentemente tem sua temperatura elevada. Esse fluido é bombeado para os pontos de...

Entenda a aplicação da fornalha na torrefação do café

O Brasil é mundialmente conhecido como o maior produtor mundial de café. A produção cafeeira no ano de 2020 foi estimada em 63,08 milhões de sacas colhidas, segundo dados da CONAB. Além disso, temos cerca de 1,5 mil empresas atuam na torrefação do café brasileiro,...

Aquecedor de fluido térmico: Entenda para que serve esse equipamento

Amplamente utilizado em processos industriais que requerem alta temperatura, o aquecedor de fluido térmico é um equipamento que ganha cada vez mais notoriedade em muitas indústrias. Basicamente, este equipamento é o coração de um sistema de aquecimento de fluido...

Substituição de gás natural por biomassa: Entenda porque fazer

Muitas empresas já optaram por realizar a substituição da matriz energética, deixando o gás natural para o lado e começando a fazer uso da biomassa na sua geração energética.  Mas quais são essas razões? Por que a empresa deve optar pela biomassa em substituição ao...

Acompanhe-nos nas redes sociais!